fbpx
minha vez mercedes benz
Mercedes-Benz leva caminhoneiros autônomos para test-drive com Novo Actros
13 de outubro de 2021
Cofap distribui com exclusividade produtos Getoflex na América do Sul
13 de outubro de 2021

Conheça a história do Táxi

primeiro táxi do brasil

Muito antes dos aplicativos de transporte, aqueles que precisavam de uma locomoção rápida e exclusiva recorriam aos táxis. Amado por muitos e odiados por tantos outros, é inegável dizer que eles fazem parte da história automotiva do nosso país. Com isso em mente, a Revista Reparação Automotiva conta a história do taxi.

História

O táxi propriamente dito apareceu historicamente quando foram aplicadas taxas à sua utilização através de taxímetros. Contudo, o serviço de transportar pessoas numa grande cidade a qualquer pessoa que o solicite é quase tão antigo como a civilização. O primeiro serviço desse gênero apareceu com a invenção do riquexó — carro de duas rodas puxado por um só homem. Existia, embora em pouca abundância, nas principais cidades da Antiguidade, mas era exclusivo das elites, que possuíam escravos para puxar esses carros.

Os primeiro táxis motorizados apareceram em 1896 na cidade alemã de Estugarda. No ano seguinte, Freidrich Greiner abriu uma empresa concorrente, na mesma cidade, mas os seus carros estavam equipados com um sistema inovador de cobrança — o taxímetro. A implantação dos táxis foi generalizada em 1907. Nesse mesmo ano, em Paris, todos os carros de aluguel tinha de possuir um taxímetro obrigado por lei. Antes da Primeira Guerra Mundial, já todas as grandes cidades europeias e americanas tinham serviço de táxis legais e pintados com esquemas de cores diferentes. Desde então, as alterações foram poucasː apenas algumas alterações nos aparelhos possuídos pelos carros, tais como rádios e aparelhos de ar-condicionado.

táxis em paris

Táxi e o Brasil

Os táxis chegaram por aqui muito próximo dos primeiros modelos ao redor do mundo. Toda a frota que rodava em território nacional era importada, composta principalmente por  Chevrolet, Ford, Dodge e Plymouth fabricados entre meados da década de 1930 e 1953, mas em 1958 isso mudou.

Desde o segundo mandato do presidente Getúlio Vargas, a produção nacional de veículos era um orgulho para os brasileiros, produzindo desde os Romi-Isetta até a caminhões scania. Em 1958 foi fabricado aquele que seria o primeiro veículo quatro portas feito por aqui, o DKW-Vemag.

Para renovar uma frota que já estava envelhecida, o governo deu isenção fiscal para veículos voltados para o uso comercial, o que fez com que a Mercedes-Benz, que pretendia lançar o 180D, destinasse 80% da sua produção para táxis.

Em julho do mesmo ano, a Vemag lançou um modelo mais econômico do DKW, voltado exclusivamente para os táxis e sendo considerado assim o primeiro Táxi produzido em território nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *