Cresce a produção de veículos em maio

 

 

Com a retomada gradual nas fábricas de automóveis, a produção voltou a subir, porém, no acumulado do ano a queda é grande.

 

A maioria das fabricantes de veículos instalada no país paralisou as linhas de montagem, desde a segunda quinzena de março. Por causa disso, em abril foram fabricados 1,8 mil autoveículos.

 

Porém no mês de maio, segundo dados divulgados pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), a produção somou 43,1 mil veículos.

 

Em relação a maio do ano passado, este total representa uma queda de 85%, isso porque no mesmo mês de 2019 foram fabricadas 275,7 mil unidades.

 

Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea, explica que todas as fábricas de caminhões retomaram as operações, porém, há ainda unidades produtivas de automóveis e veículos leves fechadas. “Das 15 fábricas só de veículos leves que temos no Brasil, sete já retornaram e oito só voltam às atividades em meados de junho”.

 

Mesmo com a produção baixa, o estoque de veículos em maio foi de 200,1 mil unidades, sendo que, 135,9 mil estão nas concessionárias e outras 64,2 mil unidades nos vários pátios das fabricantes de veículos. Este total estocado representa 97 dias de vendas.

 

A produção de veículos volta a subir, mas mesmo assim, no acumulado do ano, o resultado é negativo. No período compreendido entre janeiro e maio, foram produzidas 630,8 mil unidades, o que representa queda de 49%, ao comparar com o mesmo período de 2019.

 

Naquela época a produção somou 1,241 milhão de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Revista Reparação Automotiva Edição 141

29/05/2020

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload