FCA Fiat Chrysler Automóveis atende os reparadores durante a pandemia

 

No período de isolamento social causado pelo coronavírus, a FCA mantém o mercado de peças abastecido e o programa Reparador Fiat

 

Apesar das concessionárias fechadas, a FCA manteve o abastecimento de peças de reposição em sua rede autorizada.

 

Segundo Luís Santamaria, diretor de pós-vendas da Mopar, eles se prepararm com antecedência. “Em janeiro observamos o avanço da doença na China, Estados Unidos e as suas consequências, assim nos preparamos paras este momento aqui no Brasil. Abastecemos a Rede procuramos dar suporte, e como consequência não há falta de peças, a Rede está bem abastecida”.

 

No mês de março, as revendas autorizadas enfrentaram problemas, pois na maioria das cidades implantavam a quarentena e as regras estavam sendo implementadas, o que fez 90% das oficinas fecharem.

Para suprir a demanda a FCA optou por auxiliar a Rede no processo de implantar o e-commerce.

 

Mesmo com a maioria de seus colaboradores trabalhando em regime de home Office, atua para implantar pacotes de peças e serviços, ainda desenvolve com os fornecedores locais itens para higienização dos veículos e proteção dos ocupantes.

 

Muito importante neste processo é a participação dos fornecedores. “É trabalhoso desenvolver um fornecedor. Consome tempo e esforços, por isso não podemos perdê-los, e a FCA acertou com o Banco FCA e outros bancos parceiros medidas para garantir o fluxo de caixa”, explica Santamaria.

 

Por isso intensifica o trabalho de nacionalização das peças, inclusive dos modelos importados pela Jeep, já que, as peças importadas encareceram, por causa da alta do dólar.

 

Mas o dólar alto, ele considera também uma oportunidade. “O valor da importação vai fazer com que os fornecedores nacionais acelerem os processos de nacionalização das peças”. O executivo acredita que a retomada do mercado, depois do período de isolamento social será mais forte no pós-vendas.

 

Sendo assim, a empresa lança nos próximos dias um programa piloto com a marca Jeep para trazer de volta os veículos que deixaram as concessionárias.

 

A projeção é de analisar os resultados e depois estender o plano para toda linha que a empresa fabrica e importa.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Revista Reparação Automotiva Edição 142

29/05/2020

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload