Tecnologia avançada API SN Plus dos lubrificantes Mobil™ garante proteção e desempenho a motores de carros de passeio

31/01/2020

 

 

A linha Mobil Super apresenta três produtos com tecnologia API SN Plus, adequada às exigências dos motores com injeção direta de gasolina

 

 

A Mobil™, marca líder em tecnologia para lubrificantes sintéticos, está sempre atenta às mudanças tecnológicas no mercado automotivo. Cada vez mais os veículos de passeio saem de fábrica com motores equipados com injeção direta de gasolina e turbocompressor, características que exigem mais performance do lubrificante.

 

Para atender à demanda dos veículos atuais, a marca tem em seu portfólio três produtos da linha Mobil Super – destinada a carros de passeio – produzidos com a tecnologia API SN Plus, que está de acordo com as rigorosas normas técnicas da indústria automotiva: um semissintético com viscosidade 10W-40 e dois sintéticos com viscosidades 5W-30 e 0W-20.

 

Extremamente importante, a tecnologia API SN Plus ajuda a prevenir um problema indesejável: a pré-ignição em baixas velocidades. Quando esse evento ocorre, a ignição da mistura combustível / ar acontece antes do que deveria, o que gera pressão excessiva no interior dos cilindros e pode causar danos severos ao motor. 

 

De acordo com o engenheiro automotivo e consultor da Mobil, Thiago de Freitas Correa, o lubrificante é essencial para a manutenção correta do carro, pois evita o atrito e desgaste das peças do motor, protege contra a corrosão, ajuda a manter a temperatura e até mesmo a eliminar impurezas: “Escolher o óleo mais adequado ao veículo traz, além desses benefícios, o aumento da vida útil da máquina e a economia de combustível. Com a evolução dos motores, esses produtos estão mais sofisticados e é preciso entender as diferenças entre eles para optar pelo melhor na hora da troca”, comenta o consultor.

 

Para o consumidor, a grande vantagem dos produtos que contam com mais tecnologia são os benefícios agregados a eles. Por serem obtidos por síntese química de moléculas, os lubrificantes sintéticos e semissintéticos são mais estáveis que os minerais (derivados do petróleo), indicados para motores convencionais: “Esses óleos não só garantem mais proteção ao motor, evitando o acúmulo de depósitos, mas também estabelecem limites mais rigorosos para a economia de combustível e o controle de emissões”, acrescenta Correa. 

 

Os lubrificantes com a tecnologia API SN Plus podem ser usados também nos veículos em que o manual indique uma tecnologia anterior, como API SM, SN ou SL.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Leia a versão digital de Janeiro da Revista Reparação Automotiva.

21/01/2020

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload