DADOS, O GRANDE VALOR DAS OFICINAS NO FUTURO

22/11/2019

 

 

Dando continuidade à nossa série sobre o FUTURO DAS OFICINAS, fiquei imaginando qual seria o ativo mais valioso para uma oficina mecânica nos próximos anos. Bem, se eu levar em consideração que o fundamento dessa coluna é justamente apresentar novos conceitos que farão parte de um cenário futuro para as empresas de reparação, não posso simplesmente posicionar que a riqueza de uma oficina está no seu estoque, ou nos seus equipamentos, muito menos em sua estrutura física.  Não mesmo!

 

Afinal, isso faz parte de uma consciência antiga e obsoleta de que o que tem valor é algo tangível, que se pode possuir. Não que produtos, equipamentos e prédio não tenham valor, têm sim, o financeiro, mas no conceito de uma nova economia, baseada no poder da informação e na ausência de posses, há algo de muito mais valor em seu negócio, e se chama dados!

 

Sim, a grande riqueza daqui por diante estará nos dados que são produzidos pela sua oficina a cada dia. Não haverá nada mais valioso que isso. E quanto mais dados de qualidade sua empresa produzir, mais valor terá o seu negócio. 

 

Não está muito claro? Então, vou explicar melhor. Considere que um dado é a menor fração de uma informação e são computados diariamente no seu negócio, a cada minuto. Sempre que um funcionário abre uma Ordem de Serviço, dá entrada em uma peça, recebe um pagamento ou realiza um orçamento, ele está alimentando um imenso banco onde são armazenados esses dados. Imagine agora o tamanho desse Banco considerando todos os dados que foram inseridos nele desde a abertura de sua empresa. É algo gigantesco e que, ao mesmo tempo, não ocupa um espaço físico em seu negócio, apenas um espaço virtual em seu servidor ou em algum provedor na nuvem.

 

Mas quem afinal teria interesse sobre essas informações? Bem, nas mãos de quem possa organizá-los e tratá-los, esses dados se tornam informações extremamente relevantes. Pense bem, seu fornecedor, seja ele uma Indústria ou Distribuidor, teria muito interesse em saber qual o produto mais vendido na sua oficina, com que frequência você o aplica, em qual modelo de veículo foi instalado, para qual cliente foi comercializado e sob que condição de pagamento. Ou ainda entender quais produtos estão obsoletos em seu estoque e qual o raio de atuação de sua empresa baseado no endereço de seus clientes.  

 

Entenda que uma oficina mecânica é o único elo da cadeia automotiva cuja atividade principal está relacionada à aplicação de um produto para o consumidor final, e por isso os dados gerados dessa interação se tornam extremamente valiosos para os demais elos da cadeia. 

 

Então, amigo, cuide bem de seus dados, afinal eles irão valer muito mais do que qualquer tipo de peça ou serviço comercializado na sua empresa daqui pra frente. Até o próximo texto!

 

 

*ALEXANDRE COSTA, consultor sênior especializado em inovação para o setor automotivo, com 25 anos de experiência. Palestrante convidado a participar dos principais eventos do mercado em todo o País e diretor da ALPHA Consultoria, empresa dedicada ao segmento automotivo

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Leia a versão digital de Dezembro da Revista Reparação Automotiva.

10/12/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload