O FUTURO DAS OFICINAS

23/10/2019

 

Uma série sobre o novo ambiente de negócios

 

A atividade de uma oficina mecânica sempre refletiu com fidelidade a realidade tecnológica de sua época, acompanhando cada uma das novas tecnologias que foram surgindo com o passar dos anos. É assim desde os primórdios da manutenção, quando reinava o carburador e as bombas injetoras mecânicas. Foi assim na transição para o sistema de injeção eletrônica e commom rail. Mas daqui pra frente não será mais. Não mesmo! 

 

Afirmo isso porque pela primeira vez na história da reparação automotiva a velocidade das inovações tecnológicas superou, e muito, a capacidade das oficinas de acompanharem as mudanças tecnológicas. Não é mais possível se manter atualizado em um ambiente tão dinâmico quanto o atual sem desprender um esforço considerável. E a tendência é que esse “gap” entre a tecnologia e as oficinas só aumente. E será ainda maior para aqueles que não creem que isso irá ocorrer.  

 

Agora, se pararmos para pensar, o culpado de tudo isso é a própria tecnologia, que evolui cada vez mais rápido, mudando exponencialmente a cada ano. O que por um lado trará grande benefício para a sociedade que passará a desfrutar de veículos cada vez mais seguros, conectados e eficientes energeticamente; por outro lado, irá exigir das oficinas mecânicas um esforço muito maior, de modo a tentar acompanhar essas mudanças.

 

Mas essa mudança não é apenas tecnológica, ela é também comportamental, afinal o próprio consumidor, impactado pelas inovações que produzem comodidades e solucionam problemas, está se tornando muito mais seletivo e exigente quanto aos serviços adquiridos por eles. E isso, meu amigo, muda tudo! Afinal, em um universo onde o carro está muito mais tecnológico e o cliente empoderado pela tecnologia, literalmente na “palma de sua mão”, onde ficam as oficinas mecânicas e seus serviços de reparação?

 

É justamente nesse contexto que surge a série de artigos “O FUTURO DAS OFICINAS”! Um olhar minucioso sobre o novo ambiente de negócios que se forma, traduzindo de forma clara o impacto das principais tecnologias para o setor de Reparação e propondo novos modelos de gestão para as oficinas mecânicas. Mas não espere aqui previsões baseadas em “futurologia”. Não mesmo! Nossa missão daqui em diante será analisar todo esse novo contexto de mercado e mostrar para você como a tecnologia irá influenciar os tipos de serviços prestados pelas empresas nos próximos anos, ou mesmo criar novos negócios. 

 

Mas nem só de inovação tecnológica irá viver essa Coluna. As mudanças de comportamento do consumidor também serão pauta em nossos artigos, afinal entender a nova demanda dos clientes, muito mais conectados e informados, será fundamental para as empresas de Reparação.  

 

Portanto, seja bem-vindo ao FUTURO DAS OFICINAS, um espaço dedicado a ajudar as oficinas mecânicas a estar preparadas para os novos desafios.

*ALEXANDRE COSTA, consultor sênior especializado em inovação para o setor automotivo, com 25 anos de experiência. Palestrante convidado a participar dos principais eventos do mercado em todo o País e diretor da ALPHA Consultoria, empresa dedicada ao segmento automotivo

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Gestão de fornecedores. Saiba o porquê é valiosa para a sua empresa

18/10/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload