Quando surgiu a Fórmula E?

14/05/2019

 

A CATEGORIA DE AUTOMOBILISMO DOS CARROS ELÉTRICOS

 

A ideia nasceu em 2011, do empresário espanhol Alejandro Agag: criar uma categoria de automobilismo movida 100% com motores elétricos, com o apoio da FIA – Federação Internacional do Automobilismo. E, em 2014, nasceu a Fórmula Eletric ou simplesmente Fórmula E. Com o objetivo de ser um laboratório para os fabricantes de automóveis, visando o desenvolvimento de tecnologia para a fabricação de veículos elétricos e divulgar a mobilidade através de uma energia limpa e sustentável, a Fórmula E se tornou em apenas 5 temporadas uma das principais categorias do mundo.

 

Cada temporada é composta por 13 corridas em 12 das principais cidades do mundo, Hong Kong, Marrakech, Santiago, México, Paris, Mônaco, Berlim, Roma, Nova York, entre outras. Com o crescimento da categoria, pilotos conhecidos no cenário internacional começaram a ser contratados pelas equipes, dos 22 inscritos na temporada – 2018/2019 - 10 pilotos têm passagens pela Fórmula 1. O Brasil tem uma participação expressiva na história da Fórmula E, das quatro temporadas até hoje, duas foram vencidas por brasileiros: a temporada 1 por Nelson Piquet Jr. e a 3 por Lucas di Grassi. Na atual temporada, somos representados por 4 pilotos. Além do Piquet e Di Grassi, temos o Felipe Nasr e nosso último representante com sucesso na Fórmula 1, o Felipe Massa. 

 

Para os românticos do automobilismo, a chegada da Fórmula E trouxe alguns sentimentos distintos. A falta do barulho do motor que estamos acostumados nos carros de corrida movidos a combustão foi o principal choque. Os veículos da Fórmula E praticamente não têm barulho e, para quem está acostumado ao ronco dos motores, ter um carro de corrida sem isso era praticamente inimaginável uma década atrás. Porém, com uma potência de 250KW, o que é equivatente a 335 Hp, pesando apenas 900kg – 385kg somente de bateria – acelerando de 0 a 100km em apenas 2,8 segundos e uma velocidade máxima de 285km/h, ninguém pode dizer que esse veículo movido a bateria não seja um verdadeiro carro de corrida.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Gestão de fornecedores. Saiba o porquê é valiosa para a sua empresa

18/10/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload