Saiba por que aperto final na instalação da bandeja de suspensão deve ser feito com o pneu do veículo apoiado no chão

07/11/2018

 

 

 

Este procedimento evita danos na peça que está sendo aplicada porque, com o carro suspenso, o ângulo de funcionamento ultrapassa os limites de torção da bucha.

 

Ao efetuar a troca da bandeja ou braço oscilante que faz parte da suspensão do veículo, o reparador deve ter alguns cuidados. Entre eles, um dos principais é efetuar o aperto final com o pneu  apoiado no chão para não danificar a peça nova, já que, quando o carro está suspenso no elevador, cavalete ou macaco o ângulo de funcionamento pode ultrapassar os limites de torção da peça e provocar ruptura das buchas. “É um detalhe que faz toda a diferença para garantir a vida útil da bandeja que está sendo instalada”, revela Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata. No momento da instalação também pode aumentar a altura do veículo momentaneamente.

 

Muitas vezes por conta de o veículo estar suspenso para fazer a troca, o reparador se esquece de fazer o aperto final com a roda apoiada e esse procedimento pode prejudicar todo o serviço realizado. 

 

Outros cuidados importantes com as bandejas são fazer a verificação se há folga, cortes ou deslocamentos nas buchas. Essa inspeção é visual e com a ajuda de uma espátula. Também utilizar uma  escova de aço para eliminar o excesso de impurezas da estrutura e observar as soldas e se está protegida de fissuras, trincas ou empenamentos.

 

Também, segundo Silva, é importante segurar uma das rodas e fazer movimentos firmes de vai e vem, verificando a existência de folgas  radiais ou axiais. “Com este teste, é possível detectar também folgas nos pivôs, terminais  e rolamentos de rodas”, destaca.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Gestão de fornecedores. Saiba o porquê é valiosa para a sua empresa

18/10/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload