Manutenção preventiva das transmissões automáticas ZF 8HP

02/07/2018

 

 

 

 

Com oito velocidades, projetada e construída pela ZF Friedrichshafen, teve sua estreia no ano 2008 e, em 2014, sofreu algumas melhorias na sua 2ª geração de transmissão

 

Um de seus principais objetivos é melhorar a economia de combustível do veículo, alcançada através de mudanças no design interno e melhorias de eficiência em relação ao projeto original, que incluem um maior raio de 7,8: 1, redução do torque de arrasto dos elementos de fricção, utilizando quatro conjuntos de engrenagens planetárias e apenas cinco elementos de deslocamento. Estes, por sua vez, minimizam a perda de arrasto e aumentam a eficiência da transmissão, pois têm um sistema de resfriamento que utiliza menos fluido para baixas pressões e mais fluido para altas pressões. 

 

As transmissões automáticas ZF são preenchidas com o óleo de transmissão ‘’ZF-LIFEGUARD FLUID 8’’, desenvolvido para trabalhar em temperaturas muito altas, isso faz com que o fluido perca suas propriedades em um curto prazo de tempo, principalmente no caso de utilização em condições de uso severo, recomenda-se a substituição do fluido da transmissão a cada 60.000 km ou, no máximo, após 4 anos.

 

Sabendo dessas condições, o índice de veículos que serão necessários realizar a manutenção preventiva é grande. Iremos ajudar você, amigo técnico reparador, a realizar a substituição do fluido e filtro, sem que haja quaisquer erros de procedimento. 

 

 

Passo a Passo 

 

O primeiro passo é retirar as coberturas necessárias da parte inferior do veículo. 

 

Remova o bujão de escoamento do fluido (figura 2), na parte inferior do cárter e deixe escoar o fluido até gotejar (figura 3). Caso o fluido da transmissão estiver com limalhas ou cheirar a queimado, a transmissão poderá estar danificada.  Certifique sempre as condições de funcionamento do veículo antes de realizar a manutenção preventiva. 

 

 

A transmissão automática ZF 8HP, utilizada pelas montadoras BMW, Jeep e Chrysler, utiliza o filtro do fluido embutido no cárter da transmissão (figura 4). Sendo uma peça única, é necessária a substituição completa da peça. Sempre recomendamos a utilização do produto original ZF, principalmente por ser uma transmissão que trabalha com altas temperaturas, sendo assim, um filtro sem procedência poderá trazer danos à transmissão, pois sua vazão pode ser baixa comparada ao filtro original.  

 

 

Após o escoamento total, inicie a remoção do cárter soltando os 13 parafusos Torx 40 (figura 5) e remova o filtro do fluido antigo limpando todo resíduo do fluido localizado no corpo de válvulas (figura 6).

 

Instale o filtro cárter novo original ZF respeitando a sequência de aperto com o torque de 10Nm, conforme a figura 7.

 

Tenha muito cuidado ao abastecer o fluido na transmissão, pois se for abastecido acima ou abaixo do nível e realizado o procedimento de nível com a temperatura errada, a transmissão pode ser danificada. Remova o parafuso Allen localizado na lateral da transmissão automática (figura 8) e complete com fluido homologado ZF-LIFEGUARD FLUID 8, abasteça o fluido respeitando a temperatura de verificação de nível. 

 Quando a temperatura do fluido estiver 40° C, abasteça o fluido até que vaze pelo orifício de abastecimento e nível.  Se não houver fluido saindo do orifício de abastecimento, a quantidade preenchida é muito pequena. Complete o fluido até que ele saia do orifício (figura 9), feche o bujão de abastecimento e aperte com o torque de 12Nm (figura 10).

Respeitando prazos, homologação do fluido e qualidade do filtro, a manutenção preventiva será realizada com 100% de sucesso.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Gestão de fornecedores. Saiba o porquê é valiosa para a sua empresa

18/10/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload