APLICATIVO DE DIAGNÓSTICO, É TÃO SIMPLES ASSIM?

06/06/2018

Aplicativo criado recentemente e amplamente divulgado na mídia promete diagnosticar o problema de um carro em minutos. Será o fim?

 

Nesses últimos dias surgiram duas situações que me levaram a tratar deste assunto com a máxima clareza possível.  Vários canais de comunicação, principalmente da web, anunciaram um aplicativo, que diz: 

 

“Chega de ser enganado: novo app examina seu carro e afirma qual é o problema”. 

 

Mas será o Diagnóstico Automotivo tão simples assim?

Existem inúmeros apps na Play Store que funcionam com várias interfaces chinesas que lhe dão opções de acesso aos códigos de falha de um gerenciamento eletrônico. Mas o que é preciso saber que não se resume em conhecer um código de falha para dizer qual é o problema de um veículo. 

 

Leia trechos da reportagem: 

Muita gente reclama de ser enganado quando vai resolver problemas com automóveis. O Engie App, criado por Uri Levine, o mesmo idealizador do Waze, promete dar um jeito nisso, com um sistema capaz de diagnosticar mais de 10 mil situações. (site Tecmundo)

“A ideia é chegar ao mecânico com um diagnóstico prévio de situação, sem correr o risco de ser enganado por maus profissionais”. (Tribuna de Minas)  E também vários outros veículos, como MSN, UOL, Revista Forbes, entre outros. 

 

Bom, o app te dá sim algumas informações válidas, mas não é um diagnóstico preciso. 

 

Conheça alguns dos apps e interfaces que já são antigos conhecidos e que têm funções parecidas: 

 

 

Eles realmente leem os parâmetros do veículo?

Sim, leem. Fazem diagnóstico completo? Não! Nem todas as versões leem todos os parâmetros, apenas as pagas. Mas se eu comprar então tenho um diagnóstico completo? Não! 

 

É preciso entender o que é um diagnóstico completo. Quando o reparador automotivo acessa os dados armazenados na Unidade de Controle Eletrônico, ele vê os DTCs (Códigos de Erros), vê parâmetros de funcionamento, testa atuadores, mas não está aí o diagnóstico completo. Apenas iniciou a pesquisa da falha apresentada. 

 

O mais interessante é que ninguém vai ao médico e relata: “Dr., comprei um glicosímetro, ou um analisador de urina, ou fiz os exames laboratoriais e vim aqui para te dizer que é só me passar uma receita de insulina, ou medicamento para Tireoide, ou Triglicérides”. Mas pelo contrário, o médico vai analisar os resultados e depois pedir alguns outros exames para detectar a sua enfermidade, ou seja, porque seu DTC acusou falha nestes funcionamentos de seu organismo. 

 

Bom, voltando ao diagnóstico do automóvel, um DTC indica a falha em um sistema. A partir daí o reparador vai realizar alguns testes e avançar no diagnóstico. Vou pegar como exemplo o DTC mais comum em veículos que rodam no Brasil, o P0300 - Falha no Sistema de Ignição ou Falhas Múltiplas de Cilindro. 

Pois bem, então o cliente compra uma interface, baixa o app e chega para o mecânico e diz: Troca só o catalisador, porque já sei que meu problema é este, tenho um scanner de diagnóstico e puxei o defeito! 

 

Veja

Um código P0300 pode significar que um ou mais dos seguintes ocorreu:

Isto tem se tornado comum nas oficinas, são dicas do Youtube, de fóruns automotivos, em que muitos proprietários têm se passado por reparador só para buscar informações e tentar reparar seu veículo, ou achar que vai chegar e seu mecânico tem que fazer o que ele disse porque viu no Youtube, ou porque tem um app que puxou o código DTC. 

 

O problema é que o Código de Defesa do Consumidor alerta que o mecânico é responsável pelo reparo que está sendo realizado, então o reparador tem por obrigação e ética profissional realizar todos os testes de um diagnóstico, e não simplesmente trocar uma peça porque o cliente chegou com diagnóstico dele ou de outrem. 

 

Voltando à falha que relacionamos, veja que desde a falha do sistema de ignição, sistema de injeção, exaustão e sincronismo do motor, todos eles irão gerar falha P0300. É necessário realizar um diagnóstico completo, que começou por um rastreamento com scanner... 

 

 ...e seguiu por análise dos sistemas com outras ferramentas.

 

VEJA:

Análise de Exaustão (escapamento): 

Com este equipamento o reparador terá a verdadeira noção do estado do sistema de exaustão e sua relação com o DTCP0300. 

Análise de Sistema de Combustível

Análise da Bomba de Combustível: Vazão e Pressão

Limpeza e Teste de Injetores. 

Análise das Válvulas do Cabeçote 

Utilizando um vacuômetro para analisar as vedações das válvulas do cabeçote

Testar a vazão dos cilindros verificando se há alguma falha interna do motor, pois ela poderá gerar um código de falha relacionado ao sistema, e o problema na verdade é mecânico e não de nenhum sensor ou atuador do sistema de injeção. 

 

E hoje isso tem avançado ainda mais e o reparador precisa buscar aperfeiçoar, estudar, pois a eletrônica foi mais a fundo no gerenciamento do motor e outros itens do veículo. Seguindo os testes, apresento aqui o complemento de diagnósticos feitos em várias oficinas onde profissionais, que têm compromisso em oferecer o melhor para seu cliente, têm buscado oferecer um diagnóstico de qualidade, e todos relacionados ao bendito do P0300.

 

 

Analisando o sincronismo com osciloscópio e transdutores de vácuo 

 Paulo Rogério analisou este defeito no veículo Corsa e chegou ao resultado: sincronismo errado, mas o cliente disse que seu app acusou e informou que o defeito é na sonda.

 

Nesta outra análise, um outro companheiro reparador, Paulo Jovino, encontra falha no comando de escape de um corsa 16 válvulas, mas o DTC P0300.

Nesta outra imagem, Joelson Santos, da Motor Forte, encontra anéis quebrados.

 

Nesta outra, Joelson detecta falha no bico injetor.

 

Caro reparador, entenda que diagnóstico não é algo simples assim, que você chega, olha e já diz o resultado. Lembre-se: é preciso se aprofundar e seguir todos os testes, começando pelo básico, de uma tensão da bateria até a análise com osciloscópio. 

 

E, para o cliente, falamos que se ele tem dúvida sobre o diagnóstico que foi apresentado é permitido ouvir

opiniões de outros reparadores, mas jamais que saia dizendo que o mecânico quer enganá-lo.  

 

No início dessa matéria disse que duas situações me chamaram a atenção. A primeira já relatei com os procedimentos e a segunda está relacionada à reportagem veiculada de um mecânico que cortou a correia do carro de uma cliente. Sabemos que em qualquer lugar tem gente com desvio de caráter. Mas queria frisar aqui que isto não é porque ele é mecânico. O problema de pessoas que agem desonestamente, na minha opinião, está na criação, educação, desde a infância. Como exemplos, quando o menino chega em casa com algo diferente e os pais nem percebem, ou nem se preocupam em saber onde ele conseguiu; quando os pais são chamados para uma reunião na escola por conta do comportamento do filho e estes ainda brigam, culpam a escola, e o filho cresce sem saber o que é Ética, Moral e Civismo, que infelizmente tiraram do currículo escolar.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Gestão de fornecedores. Saiba o porquê é valiosa para a sua empresa

18/10/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload