Reduza custos na oficina, mantendo a qualidade das atividades diárias

13/12/2017

 

E estimule a equipe a ser mais produtiva nos serviços que são prestados aos clientes 

 

Independentemente do caixa da oficina, reduzir custos é sempre bem-vindo para que se possa direcionar recursos para investir em ações produtivas e de crescimento, como capacitação e modernização. E, principalmente, para não ficar no vermelho.

 

Para isso, algumas medidas podem ser adotadas sem que elas afetem a qualidade dos serviços, mantendo o bom desempenho da produção. E quem dá as dicas é Bernardo Jaber (foto), gerente de Marketing da Xerpa, plataforma online de Recursos Humanos.

 

Horas extras - “Antigamente, víamos uma pessoa trabalhando até tarde e tínhamos um pensamento de que ela era extremamente produtiva e trabalhadora. Hoje, essa visão é bem diferente. A produtividade não está mais ligada ao número de horas trabalhadas e sim aos resultados entregues”. 

 

A questão é: como medir o resultado em oficinas? “Acredito que ter um tempo máximo de entrega do carro de volta ao dono é uma ótima forma de começar a entender onde pode estar o problema e a necessidade de mais horas extras”.

 

Qualidade de vida - Menos horas extras = mais tempo fazendo outras atividades = mais qualidade de vida. “Existem diversos estudos mostrando a importância de se realizar várias atividades além do trabalho para não apenas desestressar, mas para entender que o trabalho é parte do dia e não o dia inteiro”. 

 

Segundo ele, “passar mais tempo com a família, amigos e estudar são possíveis formas de usar o tempo da hora extra, ajudando o colaborador a estar feliz no dia a dia de trabalho. Além de fornecer ferramentas necessárias e de boa qualidade, que ajudam a manter o tempo de horas extras menor”.

 

Mais eficiência – “Medidores de produtividade e contabilizadores de horas proporcionam uma maior eficiência nas empresas. Como por exemplo, medindo quanto tempo foi gasto para fazer uma tarefa específica no automóvel. Em quanto tempo ela foi entregue, qual tarefa demorou mais tempo, etc.”

 

Ele cita que a Xerpa oferece uma solução para a parte burocrática. “Com ela, nós temos casos de empresas que reduziram o tempo de admissão de cinco horas para quinze minutos”.

 

Digitalização de documentos – “São vários benefícios que podem ser citados com a digitalização. Podemos falar da sustentabilidade (por não usar papéis), acesso às informações com agilidade, redução de perda de documentos e redução de despesas (tinta, papel, etc.) são alguns deles”.

 

Pagamentos e negociações – “Eu daria duas dicas principais. A primeira delas é manter um fluxo de caixa sempre saudável, conhecer e controlar os gastos do estabelecimento, fidelizando os clientes, afinal de contas, manter um cliente é mais barato que adquirir um”. 

 

“A segunda dica é modernizar para facilitar as questões burocráticas que envolvem. Tecnologias de departamento pessoal, pagamento de contas, etc., são ótimas maneiras de estar sempre em dia com os pagamentos minimizando as chances de receber multas e processos”.

 

Além disso, a tecnologia oferece várias alternativas para tornar a empresa mais eficiente e reduzir custos. Os softwares de gestão, por exemplo, podem ajudá-lo a coordenar melhor o departamento pessoal, férias, licenças, admissões, avaliação de competências e folha de pagamento. 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Leia a versão digital de Novembro da Revista Reparação Automotiva.

18/11/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload