FÓRUM AGITA UBERABA, MERCADO SE UNE PARA ADQUIRIR CONHECIMENTO

24/10/2017

 

Evento organizado pela revista Reparação Automotiva e jornal Balcão Automotivo sacode empresários e profissionais locais interessados em se sobressair em seus negócios e carreiras

 

A cidade de Uberaba (MG), pertencente ao triângulo mineiro e com mais de 320 mil habitantes, recebeu no dia 11 de outubro o Fórum Reparação em Foco – Tendências do Segmento Automotivo, promovido pela revista Reparação Automotiva e jornal Balcão Automotivo, que movimentou as dependências do teatro do SESI local com a presença de um público formado em sua maioria por reparadores, algo em torno de 80 profissionais. 

 

Na ocasião, segundo o organizador, professor do SENAI Uberaba e colunista da revista Reparação Automotiva, Leandro Marco, foram apresentadas as novas tecnologias dos veículos e como se preparar adequadamente para atender esta demanda, e houve também um talk show com o comando do palestrante Jeison Lima. A iniciativa teve o apoio das empresas: Freudenberg-NOK Corteco, Graxinha Cash, Hipper Freios, KYB, Paraflu, Radnaq e Raven / King Tony. 

 

Sobre a pujança do mercado local, Leandro afirma ser excelente. “Temos na região muitos reparadores, em média 270 estabelecimentos legalizados e um número informal que no caso é estimado em 70 oficinas. Temos também por aqui distribuidoras de autopeças, salvo engano são nove no total. E um número bem grande de lojas de autopeças. Este não sei te informar com detalhes. Aliás, no evento, havia balconistas e atendentes”.  

 

Com relação ao número de eventos na região, de acordo com ele, neste ano de 2017 já foram realizados um total de sete eventos e até o final do ano mais dois vão acontecer. “Temos uma meta de conseguirmos no mínimo um evento por mês. Mas bom mesmo seria se fossem dois. Para tanto, contamos com o importante apoio da revista Reparação Automotiva para atingirmos esta meta”, conta.

 

Por fim, Leandro diz que levar conhecimento ao reparador é sua principal meta. “Fazer um setor forte e próspero e ter parceiros como a revista Reparação Automotiva, sem dúvida são conquistas imensuráveis. Sou reparador desde os 14 anos, hoje tenho 45, e nos últimos três anos no SENAI alimento esta vontade de levar conhecimento a uma classe que antes tudo era muito difícil. E para tanto convido a cada fabricante a estar junto nesta batalha”.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Revista Reparação Automotiva Edição 140

29/05/2020

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload