HONDA CIVIC 2008 - CUIDADOS NA MANUTENÇÃO DOS FREIOS

Durante um dia de trabalho na oficina, Edson Roberto de Ávila (Mingau), da Mingau Automobilística, de Suzano (SP), conta que “um veículo havia chegado com a reclamação de barulho no sistema de suspensão. Após uma prévia avaliação, foi detectado o responsável pelo barulho e sanado o defeito”.

 

Mingau explica que, “para fazer uma avaliação técnica e precisa, é necessária a remoção do sistema de rodagem para verificar a possibilidade de folgas nos componentes que integram o sistema de suspensão. No momento de efetuar a remoção do sistema de rodagem, foi percebida uma pequena dificuldade para se remover as porcas de fixação, inclusive de prisioneiro quebrado. Nesse caso, para se fixar o sistema de rodagem, foi utilizado prisioneiro no cubo e porcas externas”.

 

Neste instante foi constatado que o sistema de frenagem estava completamente comprometido, inclusive o fluido hidráulico do sistema estava contaminado. “O fluido hidráulico do sistema de frenagem tem grande facilidade de absorver umidade do ar, trazendo assim deficiência no momento de acionamento do sistema com pequenas bolhas de ar, também no caso de cilindros de acionamentos passam a ficar comprometidos por conta de corrosão”, conta.

 

Outro detalhe importante, apontado pelo reparador é que “o fluido hidráulico do sistema de frenagem tem seu ponto de ebulição elevado, o que indica que para cada veículo existe o recomendado que merece sua atenção”. Para entender mais sobre os problemas nas peças, Mingau mostra como foi feita a manutenção abaixo.

 

Veículo em execução de trabalho

 

Prisioneiros removidos e substituídos. Observem que as roscas estão comprometidas, inclusive um quebrado. Nesse caso, sabemos a causa: utilização de maneira inadequada de uma ferramenta que nos auxilia bastante, os equipamentos pneumáticos, que deixarei para uma próxima oportunidade sua correta utilização.

 

Espelho com furo estratégico para se efetuar a remoção dos prisioneiros defeituosos. Detalhe: na maioria dos veículos existe necessidade de remoção do cubo, consequentemente, a substituição do rolamento do sistema de rodagem.

 

Prisioneiros devidamente substituídos.

 

Discos e pastilhas do sistema de frenagem traseiro e dianteiro comprometidos, as pastilhas já em estado de degradação, possivelmente pela qualidade ausente no componente, discos com desgaste acentuado como também no momento da avaliação com relógio comparador havia empenamento sendo necessária a substituição. DICA: Bastante atenção quanto à retífica efetuada nesses componentes, é um item de extrema importância na questão segurança, um retrabalho vai não somente gerar horas investidas, como igualmente descrédito junto ao seu cliente. Tenho conhecimento dessa prática, porém aqui pelo custo/beneficio praticamos a substituição.

 

Produto biodegradável aplicado nos componentes do sistema de frenagem para sua perfeita descontaminação. DICA: Com esse tipo de auxílio para limpeza o gasto com tempo e água para enxague é mínimo.

 

Sistema recebendo enxague.

 

Pinça do sistema de frenagem traseira sendo recuada com ferramental específico. Atente- se em soltar o sangrador e instalar um reservatório para a captação do fluido, que está sendo removido e o descarte corretamente. Esse procedimento é necessário se fazer antes de iniciar o processo de retorno do pistão da pinça.

 

Reservatório de fluido hidráulico do sistema de frenagem, devidamente removido e limpo, pronto para receber o fluido novo.

 

Reservatório reinstalado

 

Sistema de frenagem montado, sua eficiência é certa.

 

Componentes que estão sendo substituídos e os novos que vão nos garantir a qualidade da prestação de nossos serviços.

 

 

Para esse veículo, o disco do sistema de frenagem com código HF 700 A é direcionado para o sistema de rodagem dianteiro, já o HF 700 B é direcionado ao sistema de rodagem traseiro.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Leia a versão digital de Novembro da Revista Reparação Automotiva.

18/11/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload