DEZENAS DE OPÇÕES, ALÉM DAS FONTES ATUAIS DE ENERGIA

22/06/2017

Em poucos anos, será possível usar uma série de novas tecnologias para mover um veículo, desde ar até esgoto

 

Diante de todos os problemas ambientais e políticos causados pelo petróleo, um dos maiores desafios do nosso século será descobrir novos combustíveis e fontes de energia eficientes e renováveis. Apesar de muitos darem como certa a extinção dos motores  atuais, uma solução diversificada pode ser mais viável. De acordo com o uso, teremos certas opções. 

 

ELETRECIDADE - O motor elétrico movimentou uma grande parte dos veículos do século XIX e voltará a ser muito usado pelos carros do futuro. As baterias, que sempre foram o seu maior problema, estão evoluindo rapidamente e, em poucos anos, devem ter a autonomia e o preço que todos esperam.  

Etanol - Bem conhecido dos brasileiros, o combustível está conquistando o mundo. Além de ser usado sem problemas nos motores atuais, pode ser aplicado diretamente nas células a combustível, apontadas como “o motor do futuro”.

 

BIOCOMBUSTÍVEIS - Além do etanol, metanol e biodiesel, novos biocombustíveis estão sendo criados a partir de fontes animais e vegetais, como os derivados de algas.  

 

Hidrogênio - Como pode ser extraído da água e, após o uso nos veículos, volta a ser vapor, é sempre considerado o melhor dos combustíveis. A exemplo do etanol, pode ser queimado nos motores atuais ou usado nas células a combustível.

 

AR - De tempos em tempos, surge na imprensa um carro movido a ar. A ideia é realmente interessante e faz sentido. O problema é a energia gasta pelos compressores, além da autonomia bem reduzida.  

 

Nitrogênio - Assim como o hidrogênio, é um elemento quase inesgotável. Um motor a nitrogênio é bem parecido com uma máquina a vapor ou uma unidade Stirling. A diferença de temperatura faz o gás se expandir e mover os pistões.

 

SINTÉTICOS - Muito usados na II Guerra Mundial, os combustíveis sintéticos estão voltando com força total. Em laboratório, é possível fabricar gasolina e diesel a partir de várias fontes, inclusive esgoto. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Leia a versão digital de Novembro da Revista Reparação Automotiva.

18/11/2019

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload