RECUPERAR ENERGIA PARA AMPLIAR A EFICIÊNCIA DOS MOTORES

23/03/2018

 

Além do turbo, cada vez mais popular, os reparadores passarão 

a ver muitos outros sistemas de reaproveitamento energético 

 

Diante do aperto mundial nas leis sobre o consumo de combustível e as emissões de poluentes, além do avanço dos modelos híbridos, uma tecnologia está evoluindo rapidamente nos veículos leves e pesados: os sistemas de recuperação de energia. O mais famoso é o KERS, usado na Fórmula 1, mas existem muitos outros. 

 

KERS - Sua grande vantagem é armazenar uma parte da energia cinética do veículo (relacionada ao movimento) sempre que o freio é acionado. Há duas formas principais de guardar essa energia: usando um disco de inércia, parecido com o volante do motor, ou gerando eletricidade para um banco de baterias.

 

FREIOS - A frenagem regenerativa é mais comum em veículos híbridos e elétricos. Na prática, todo motor elétrico também é um gerador. Então, de uma forma bem simplificada, basta usar um controlador para “avisar” o motor que ele precisa agir como se fosse um gerador toda vez que o motorista para de acelerar ou pisa no freio. 

 

EGHR - As unidades de reaproveitamento térmico dos gases de escape são utilizadas para acelerar o aquecimento do motor, do câmbio, do eixo diferencial e até do interior do veículo. Ao atingirem a temperatura ideal de trabalho mais cedo, esses sistemas funcionam melhor e colaboram com a economia de combustível. 

 

TURBO - Uma grande tendência é a volta do turbo-compound, famoso nos antigos motores aeronáuticos a pistão. A ideia é usar o turbo combinado com outro sistema de aproveitamento de energia. Pode ser um motor elétrico acoplado ao eixo da turbina ou uma segunda turbina com engrenagens que ajuda a mover o virabrequim.

 

Em comum, todos esses sistemas utilizam uma grande quantidade de eletrônica embarcada para gerenciar o seu funcionamento. Os reparadores precisam ficar atentos, manter-se atualizados e investir em novos equipamentos para o diagnóstico de falhas. Nos próximos anos, os veículos ficarão muito mais complicados.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

COMO SE PROTEGER COM A ECONOMIA EM VÁRIOS CENÁRIOS

26/03/2020

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload