Negócios à vista - com o checklist todos ganham

 

Fazer uma avaliação rápida dos carros que entram na oficina é ótimo para o faturamento e reforça a parceria com os clientes

 

Você sabe como anda a “saúde” dos carros que frequentam a sua oficina? Por incrível que pareça, poucos empresários da reparação conseguem responder a essa pergunta. Por não avaliarem corretamente a frota que atendem todos os dias, acabam perdendo muitas oportunidades que, no fim do mês, poderiam representar um lucro extra.

 

Em recente ação realizada na zona leste de São Paulo, batizada de Check-up Solidário Farol Alto, foi constatado que 55% dos veículos que rodam naquela região da cidade apresentavam fluido de freio vencido e 22,5% estavam com as pastilhas de freios ruins. Essa é uma situação na qual todos perdem: a oficina não fatura e o cliente corre um risco desnecessário.

 

Outro dado alarmante que a inspeção revelou foi o aumento do número de carros com emissões de gases acima do normal. Em um ano, o percentual de “poluidores” subiu de 15 para 37,5% na região. Isso leva a crer que muitas oficinas não utilizam o equipamento de análise de gases de forma preventiva, alertando o motorista sobre essa situação.

 

O infográfico acima, com um resumo dos principais defeitos encontrados no último Check-up Solidário, serve como um primeiro guia para o reparador, uma vez que os defeitos costumam variar de uma cidade para outra. Porém, numa oficina, é muito fácil obter essas informações. Basta aplicar um pequeno checklist em todos os veículos atendidos. 

 

Com o tempo, a análise dessas falhas pode ajudar o empresário da reparação a planejar as compras de peças e conseguir melhores preços com os fornecedores. E, como efeito colateral, os clientes agradecem. Em muitos casos, a descoberta de um defeito desconhecido pode evitar desde uma multa de trânsito até um acidente mais grave. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
DESTAQUE NA REPARAÇÃO

Leia a versão digital de Janeiro da Revista Reparação Automotiva.

21/01/2020

1/3
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Please reload