fbpx

Módulo H.E.I.

A falta de manutenção preventiva é a causadora da maior parte dos problemas deste sistema

O MÓDULO H.E.I. é sensível à fuga de corrente, curto-circuito e falta de aterramento. Verifique-o conforme sugestão abaixo, antes da troca.

FUGA DE CORRENTE

Verifique:
– Os cabos de velas de ignição e supressores; – As velas de ignição; – A bobina de ignição quanto ao seu aterramento ou fuga de corrente; – Se há curto-circuito no supressor de ruído do rádio; – Se a fiação do ponto D do módulo H.E.I. ao ponto D4 (saída do EST) do ECM (fio branco) não está em curto-circuito com o negativo.

FALHA DE ATERRAMENTO

Verifique:
– Os cabos de aterramento atrás do cabeçote, fios do ECM do ponto A12 e D1 (marrom);
– O cabo negativo da bateria.

FALHA DE SINAL DE REFERÊNCIA

Verifique:
– Se a bobina impulsora dentro do distribuidor (pontos PN do módulo H.E.I.) não está em curto-circuito ou soltando a camada isolante (laranja). CÓDIGO DE FALHAS DO ECM

Verifique:
– Se há o código 42 (ECM) presente no sistema, pois ele significa que o ECM detectou a interrupção no circuito ou curto-circuito com o negativo nos circuitos de Controle de Derivação da saída ou do EST.

Baixe os catálogos dos fabricantes apoiadores da Revista Reparação Automotiva

Ouça o Podcast da Revista Reparação Automotiva

Acesse a banca digital da Revista Reparação Automotiva

Inscreva-se no Canal TV Reparação Automotiva no Youtube

Siga a Revista Reparação Automotiva no Linked In

Siga a Revista Reparação Automotiva no Instagram

Siga a Revista Reparação Automotiva no Facebook

Leia o conteúdo técnico da Revista Reparação Automotiva

Veja mais notícias do mercado automotivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.