fbpx

A história do carro flex

O carro flex é muito conhecido no mercado nacional. Idealizado como uma forma de driblar a grande oscilação do valor da gasolina, ele acabou caindo no gosto popular e sendo um item indispensável na hora de se comprar um carro novo. A Revista Reparação Automotiva conta a sua história.

O primeiro carro flex

O primeiro carro flex comercial vendido no mundo foi o Ford modelo T, produzido desde 1908 até 1927. O automóvel era fabricado com um carburador de injeção ajustável que permitia o uso de gasolina, etanol ou uma mistura de ambos. Outros fabricantes americanos de veículos também ofereceram motores para operar com álcool.

O primeiro modelo brasileiro

A chegada do carro flex por aqui foi idealizada no final da década de 80. O Brasil viveu uma fortíssima crise de abastecimento de etanol. Isso estimulou engenheiros a pensarem numa forma de permitir que nossos carros fossem capazes de aceitar álcool e gasolina simultaneamente, a fim de evitar que cenas como esta se repetissem no futuro.

Em 1994 a Bosch criou em 1994 o primeiro protótipo flex do Brasil, um Chevrolet Omega 2.0. Veículo de testes rodou mais de 200 mil quilômetros e mostrou que ideia era viável, só que o uso de uma sonda para descobrir a mistura do combustível dentro do próprio tanque se mostrou uma solução muito cara

No fim dos anos 90 a Magneti Marelli aperfeiçoou a tecnologia flex com o chamado SFS (Software Flexfuel Sensor), que consistia na leitura do combustível a partir da sonda lambda. 

Após tantos projetos que não conseguiram ir para frente, a Volkswagen conseguiu apresentar o primeiro modelo flex produzido em larga escala no Brasil. No dia 24 de março de 2003, a Volkswagen do Brasil apresentou um Gol com motor AP 1.6 que produzia 97 cavalos com gasolina e 99 cv com álcool. O lançamento coincidiu com a comemoração dos 50 anos da VW do Brasil.

O motor AP 1.6 foi pouco modificado para rodar com os dois combustíveis. A grande dúvida dos consumidores no começo era sobre o funcionamento do sistema. Muitos achavam que era necessário mudar alguma chave, ou botão no painel, ou até que mesmo que havia dois tanques de combustível.

Também em 2003, no mês de outubro, a Volkswagen lançou no Fox o primeiro motor 1.0 flex.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.