fbpx

Saiba porquê e quando fazer a troca do fluido de freio

Com o tempo, ele absorve água, causando a redução do seu ponto de ebulição e uma possível perda de eficiência da frenagem

Na edição deste mês, Nilson Patrone, da Power Class, de São Bernardo do Campo (SP), nos traz um procedimento presente no cotidiano das oficinas: ” Saiba porquê e quando fazer a troca do fluido de freio”

“Pessoal, a gente vai falar um pouco sobre a troca do fluido de freio, item tão importante no carro. Ele é um fluido higroscópico – o que significa que puxa a umidade do ar – que muita gente não dá atenção, mas deve ocorrer a troca anualmente”

Conta nosso parceiroNilson Patrone

Procedimento para troca do fluido de freio

Com o equipamento apropriado, faremos um teste do fluido de freio para sabermos a quantidade de água que ele puxou no ar. Mostraremos para vocês aqui. Bom, o sensor detectou a necessidade de troca, ele já se encontra abaixo dos 150 graus. Lembrando que, de ano em ano, deve ser feita a troca do fluido de freio, pois é um equipamento de segurança do carro. 

Diante dessa informação, muita gente já sabe desse fluido de freio, que ele é higroscópico, todos mecânicos sabem e alguns ainda não. No entanto, mudaram mais coisas com o mercado: mudou a viscosidade e isso tem muita gente que ainda não sabe. Por conta do sistema de ABS e EBD, a viscosidade do fluido caiu e agora temos um fluido diferente no setor – que é o fluido de freio DOT 4 LV CLASSE 6. Este já integra alguns carros, a partir de 2017/18, apesar de existir desde 2010, e os novos veículos do mercado estão chegando com esse fluido de freio, que a viscosidade equivale à metade do DOT 4 comum. 

Descobrimos isso em uma Amarok, pois a viscosidade do fluido de freio do carro é mais baixa, o DOT 4 LV. Quando colocamos o DOT 4 comum, perdemos a viscosidade e perde até o tempo de reação do pedal. 

viscosidades dos fluidos

Mostraremos para vocês as diferentes viscosidades dos fluidos. Até antes disso, a gente só pensava em ponto de ebulição: DOT 3 com um ponto de ebulição, DOT 4 com outro, DOT 5.1 também outro. Mas muita gente não se atentava à viscosidade do fluido. Mudou e temos que nos atentar a isso.  

Troca do fluido de freio

Aqui nós estamos fazendo a troca do fluido. Lembrando a vocês que o carro com freios ABS é sempre do mais próximo para o mais longe e também que o reparador siga à risca o manual do proprietário, para poder seguir as especificações certas: de fluido, de radiador, lubrificante, etc. 

Você que acompanhou atentamente a mais essa dica, siga a gente nas redes sociais: @oficinapowerclass, onde mantemos um canal direto com ainda mais informações para facilitar o dia a dia do reparador. 

Baixe os catálogos dos fabricantes apoiadores da Revista Reparação Automotiva

Ouça o Podcast da Revista Reparação Automotiva

Acesse a banca digital da Revista Reparação Automotiva

Inscreva-se no Canal TV Reparação Automotiva no Youtube

Siga a Revista Reparação Automotiva no Linked In

Siga a Revista Reparação Automotiva no Instagram

Siga a Revista Reparação Automotiva no Facebook

Leia o conteúdo técnico da Revista Reparação Automotiva

Veja mais notícias do mercado automotivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.