fbpx

Chineses reforçam o ataque ao mercado nacional

Economia circular terá grande impacto nos veículos
24 de novembro de 2021
Instalação de pontos de recarga mudam o posicionamento das oficinas
24 de novembro de 2021

Chineses reforçam o ataque ao mercado nacional

O mercado chinês já é atualmente o maior consumidor de carros elétricos do mundo. Mas não satisfeitos com as vendas internas, três grandes montadoras chinesas decidiram investir pesado no mercado brasileiro. A primeira delas, é um conglomerado chinês formado pelas marcas Haval, Wey, Ora, e Great Wall, o GWM Group. Com 37 anos de existência o grupo é considerado o maior fabricante de automóveis de capital privado da China. Com tanto poder financeiro assim, mal adquiriu a fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis (SP) e já anunciou a venda de SUVs Picapes para o próximo ano. Com planos ambiciosos para o Brasil, já estipulou como meta multiplicar por cinco a produção da fábrica, saindo os atuais 20 mil modelos por ano para 100 mil. Dentro do seu portfólio constam modelos elétricos que em breve devem aportar aqui no País.

Outra gigante, a BYD, já presente em solo nacional com veículos comerciais de transporte urbano, e base em Campinas (SP), expandiu sua estratégia e anunciou recentemente a chegada de modelos elétricos, na carroceria sedã e SUV. A marca que é um dos maiores fabricantes de baterias para veículos elétricos do mundo, tem uma tecnologia própria de produção que é capaz de garantir uma excelente autonomia eliminando o risco de incêndio nas células. A bateria Blade como é chamada, devido à disposição das células em lâminas, é tida pela empresa como ultra segura. Se tal afirmação se confirmar isso pode mudar a realidade dos veículos elétricos. E essa bateria equipa seu novo modelo, um sedã de luxo que foi confirmado para o Brasil, juntamente com um SUV híbrido. Mas a estratégia da BYD é vender uma solução de mobilidade, que conta com o carro elétrico e painéis de células solares, também produzidos pela empresa.

Por sua vez, a JAC Motors, a mais antiga das três no Brasil, em uma estratégia ousada, depois de uma agressiva, mas não tão bem sucedida campanha de marketing com o lançamento de seus produtos quando chegou no País, a chinesa agora concentrou seu foco nos veículos elétricos e iniciou uma série de lançamentos em sequência, tornando-se a montadora com maior variedade de modelos puramente elétricos do Brasil. Ao todo, são dez modelos movidos a energia, que vão do compacto urbano ao caminhão pequeno, passando pelo SUV até o caminhão médio. A gama se completa com o lançamento de um sedã. Os demais seis modelos a combustão também evoluíram em qualidade de construção. Resta saber se irão continuar no portfólio nos próximos anos ou darão lugar a uma marca 100% elétrica.

Alexandre Costa– Alpha Consultoria
Consultor sênior especializado em inovação para o setor automotivo, com 25 anos de experiência. Palestrante convidado a participar dos principais eventos do mercado em todo País e diretor da Alpha Consultoria, empresa dedicada ao segmento automotivo.
Entre em contato com a Alpha Consultoria via WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *