fbpx
consórcio volkswagen
Volkswagen lança consórcio para caminhão elétrico
26 de outubro de 2021
carga caminhão
Produtos perigosos nas estradas: segurança e responsabilidades
27 de outubro de 2021

Qual a função do Amortecedor?

Olá amigos reparadores!

Hoje vamos falar de um dos componentes mais importantes dentre todos aqueles que integram o sistema da suspensão do automóvel.

Criado e produzido por August F. Meyer, em 1926, o primeiro modelo de amortecedor trabalhava com uma mola de fricção (cinta) que controlava os movimentos através de uma ação mecânica.

A partir desse momento histórico deu-se início a melhora da estabilidade e correções das imperfeições do solo. Assim começou a sensação maravilhosa de conforto para o condutor e os passageiros.

O sistema de suspensão de automóveis começou a ser muito cobiçado pelas montadoras. Olhem, o amortecedor dando seus primeiros passos!

Com o passar dos anos o amortecedor teve um avanço notável e significativo, trazendo inúmeros benefícios para todos aqueles que faziam uso do automóvel.

A evolução trouxe amortecedores a óleo que são utilizados até hoje, pressurizados a gás (fluído e gás nitrogênio) o qual trouxe um enorme ganho de segurança, estabilidade e conforto para o automóvel.

Power Shock e amortecedores com tecnologia eletrônica, os quais exercem funções avançadas como controle de estabilidade e de esportividade.

Por falar em amortecedor Power Shock, esse foi desenvolvido pela COFAP para alguns projetos da FIAT.

É um amortecedor pressurizado a gás, que possui uma mola interna que traz vários benefícios ao condutor e aos passageiros.

Destacando o aumento da estabilidade em curvas, reduzindo o efeito rolling, além do ganho significativo de conforto.

Mas vamos lá! Quando se pede qual a principal função do amortecedor, logo lembramos em estabilidade, segurança, melhor dirigibilidade e assim por diante.

Não está errado, nem certo. Acredito que muitos de nós já presenciamos um automóvel rodando na nossa frente e o pneu traseiro picando sem parar parecendo uma pipoca estalando ou simplesmente a traseira dançando na estrada, principalmente em curvas com desníveis na estrada.

Aos olhos do mais simples entendedor, nota-se que naquele veículo não existe amortecedor ou está servindo, somente, de apoio para a mola. Que perigo!

O pneu escama, ovaliza, compromete buchas de suspensão, dentre outras situações. E a segurança de quem está neste veículo, como fica?

Aqui na nossa oficina, durante vários anos, fizemos inúmeros testes de rodagem com diferentes automóveis e utilitários sem amortecedores instalados, seja na terra, asfalto ou calçamento e fica extremamente ruim e perigoso, afetando e comprometendo a dirigibilidade e segurança. Sem condições!

Por isso que a principal função desse importante componente da suspensão do automóvel, o amortecedor, é manter o contato do pneu com o solo e auxiliar os movimentos da mola, além, é claro, de transmitir conforto, estabilidade, segurança e melhor dirigibilidade, a qual já havia falado.

Vai uma dica muito importante: aperto de parafusos de fixação deve sempre ser realizado com as rodas do automóvel apoiadas ao solo, para que o amortecedor trabalhe na posição mais correta possível e que não haja desgaste prematuro.

Não esqueça, sempre antes de instalar o componente amortecedor, faça a sangria ou escorvamento no mínimo por 5 vezes (ou até eliminar o vazio do início do curso) para haver a circulação interna de fluído e gás. Sendo feito desta forma você poderá entregar o automóvel ao seu cliente com tranquilidade e segurança.

Sucesso para todos colegas, muita saúde e estamos juntos!

Eder Capalonga, reparador automotivo há mais de 20 anos aministrador da Capalonga Amortecedores, na cidade de Lajeado no Rio Grande do Sul. Siga a Capalonga Amortecedores no Instagram | E-Mail capalongatreinamentos@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *