Conheça 5 carros esportivos feitos no Brasil – Curiosidades

Conheça 5 carros esportivos feitos no Brasil

renault zoe
Renault ministra aula técnica sobre o elétrico Zoe
11 de agosto de 2021
3ª edição da Reparasul
3ª edição da Reparasul acontece em novembro
12 de agosto de 2021

Conheça 5 carros esportivos feitos no Brasil

A velocidade é um dos maiores atrativos que um carro pode ter, saber quanto tempo demora um modelo ir de 0km a 100km é um fascínio que todos temos. A Revista Reparação Automotiva já contou quais são os carros mais rápidos do mundo e agora vai contar a história de 5 carros esportivos que foram feitos no Brasil.

Puma GT 1500
 Puma GT 1500

Começamos a nossa lista com o Puma GT 1500. Lançado em 1967, é o primeiro dos “Puminhas”. Foi nesse mesmo ano que a Volkswagen adquiriu a DKW e toda a sua produção, impulsionando o uso de novos itens. A Puma optou pelo motor com refrigeração a ar da própria VW, com cilindrada de 1.493cc, dando origem ao título “1500”. 

Aurora 122-C
Aurora 122-C

Considerado um dos últimos esportivos brasileiros, o Aurora 122-C teve sua produção iniciada em 1992. Foi apresentado ao público pela primeira vez no Salão do Automóvel de 1990.

A empresa Aurora encerrou seu funcionamento em 1993, após medida do então presidente Fernando Collor, que promovia abertura às importações, o que dificultou a vida do modelo que não conseguia competir com as opções vindas de fora.

Brasinca Uirapuru
Brasinca Uirapuru

Esse veículo brasileiro entrou para a história, principalmente por ser capaz de atingir 200 km/h, algo incomum na década de 60. 

A velocidade era o grande motivo de destaque e vinha de um motor 4.3 de seis cilindros em linha da Chevrolet. Possui três carburadores, rendendo 157 cv de potência e 35 kgfm de torque. 

Seu design também era diferente e chamava atenção, com capô longo e baixo, além de uma traseira curta. De 1964 a 1966, apenas 73 unidades foram fabricadas, o que torna o carro muito procurado entre colecionadores.

Lobini H1
Lobini H1

O carro surgiu em 1999, idealizado pelos empresários José Orlando Lobo e Fábio Bellini.

A carroceria é feita de plástico reforçado por fibra de vidro; a abertura das portas e vidros, por sua vez, é elétrica.

O Lobini H1 possui motor 1.8 Turbo, derivado do Golf GTI. O carro alcança 100 km/h em menos de 6 segundos, sendo a velocidade máxima é de 230 km/h.

Um de seus maiores diferenciais é o baixo peso para um veículo, apenas 1.025 quilogramas.

Willys Interlagos
Willys Interlagos

Terminamos a lista com aquele que é considerado o primeiro modelo esportivo do Brasil, o Willys Interlagos. Produzido de 1962 a 1966, seu desempenho não era o maior destaque, atingindo no máximo 160 km/h, com um motor que variava de 845 cc a 1 litro, partindo de 42 a 70 cavalos. Entretanto, fez sucesso nas pistas do país e era, de fato, marcante para o automobilismo nacional. 

O nome Willys Interlagos é uma alusão ao autódromo de São Paulo e visa destacar a esportividade, assim como a sua origem brasileira. Apesar disso, trata-se de uma versão do Renault Alpine A108. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *