Baterias de motos precisam de cuidados especiais no inverno

Baterias de motos precisam de cuidados especiais no inverno

locação de carros
Arval aponta potencial de crescimento na locação de veículos frotistas no Brasil
21 de julho de 2021
Diagnóstico e troca dos freios do Fiat Argo
Diagnóstico e manutenção do sistema de freios do Fiat Argo
21 de julho de 2021

Baterias de motos precisam de cuidados especiais no inverno

bateria para moto

O inverno de 2021 está rigoroso e traz novos desafios aos motociclistas. Além de buscar formas para manter o corpo aquecido, é preciso ter atenção para não ficar na rua em razão da falta de bateria. 

As motocicletas modernas possuem partida elétrica, um sistema de iluminação elaborado, ignição eletrônica e injeção de combustível, além de vários acessórios elétricos e eletrônicos para auxiliar na pilotagem. A bateria então deve ser capaz de ligar o motor e alimentar todos os acessórios, quando o gerador do motor da moto não consegue repor a energia retirada. Além de ajudar a proteger os delicados componentes eletrônicos de picos no sistema, sendo o filtro de todo o sistema elétrico.

Mesmo para modelos que dão partida no pedal, a bateria serve para ajudar na centelha, na cama de explosão necessária para colocar o motor em funcionamento e, ainda, acender os faróis e lanternas e mantê-los ligados. 

Adilson Ramos, coordenador de assistência técnica na Clarios, orienta que as motos exigem cuidados especiais no frio. “O recomendado é não deixar a motocicleta parada. O ideal é rodar com a moto pelo menos uma vez por semana. As baixas temperaturas deixam o lubrificante mais espesso, gerando mais atrito entre os componentes. Isso exige mais energia da bateria para dar partida. Para que a moto tenha eletricidade, é imprescindível que a bateria esteja em boas condições. Além da bateria, é preciso se certificar de que as velas e cabos também estejam em boas condições”, alerta. 

Confira as dicas da Heliar Moto para não ficar parado por falhas na bateria:

Inspecione a bateria – o primeiro passo para preparar sua bateria para o inverno é inspecionar os cabos e fixadores da bateria. Se necessário, limpe os terminais com uma escova dura ou spray limpador de bateria. Aplique graxa dielétrica ou spray anticorrosivo nos pinos e conectores do terminal para evitar corrosão. Certifique-se de que os cabos e seus invólucros estão em boas condições e os conectores estão presos firmemente à bateria.

Encha a bateria – Se a bateria não for uma unidade selada, verifique os níveis de eletrólito, usando água destilada para completar as células que apresentem nível abaixo do indicado na caixa da bateria. Tenha cuidado para não sobrecarregar o invólucro.

Verifique a carga – com a chave da moto na posição desligada, conecte um multímetro. Se o estado de carga for superior a 12,73 volts, a bateria está em ótimo estado. Abaixo de 12,30 volts, significa necessidade de recarga. Se, após recarga, a tensão da bateria permanecer abaixo desse número, a recomendação é que esta passe por  um teste de descarga  para atestar sua funcionabilidade com CCA (Cold Cranking Amper) SAE- Sociedade dos Engenheiros Automotivo, descrito no rótulo  da bateria. Se a tensão, ao final do teste de 15 segundos, ficar abaixo de 9.60 Volts é preciso substituí-la.

Coloque a bateria certa – caso precise comprar uma bateria nova, escolha uma que atenda às classificações recomendadas no manual do proprietário para o modelo específico da sua motocicleta.

Descubra a causa – apenas substituir ou recarregar a bateria quando apresenta falhas pode não resolver o problema. Nesse caso, é necessário avaliar se há algum defeito na moto, identificando o motivo que fez a bateria perder a carga. Há casos, em que um equipamento como alarme ou mesmo um curto-circuito pode estar roubando carga. 

Antes de trocar a bateria por uma nova – avalie se outros componentes, como estator ou retificador de corrente estão funcionando bem e enviando a carga correta para a bateria. Caso contrário, mesmo uma bateria nova poderá apresentar problemas novamente em breve. 

Vida útil da bateria – a bateria original da moto dura, em média, entre três ou quatro anos, mas tudo depende de como a motocicleta é utilizada. A instalação de acessórios também pode reduzir a durabilidade e a carga da bateria. Antes de instalar, é bom consultar o Manual do Proprietário ou um eletricista mecânico para se certificar que a bateria da sua moto tem capacidade para receber tais acessórios. 

Hoje, a cada dez motos produzidas no Brasil, nove saem de fábrica com a bateria Heliar, marca produzida pela Clarios e principal fornecedora das montadoras. Em 2022, a planta que produz baterias para motos completa 15 anos de fundação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *