Sinais que indicam problemas no sistema de lubrificação do veículo

Sinais que indicam problemas no sistema de lubrificação do veículo

Iochpe Maxion adere ao INOVA Talentos
Iochpe Maxion adere ao INOVA Talentos
15 de abril de 2021
TAKAO CRESCE 59,5% EM 2021
TAKAO cresce 59% em 2021
19 de abril de 2021

Sinais que indicam problemas no sistema de lubrificação do veículo

Sinais que indicam problemas no sistema de lubrificação do veículo
Luz acesa no painel ou ruídos originados no motor é o alerta para algum problema no sistema de lubrificação.

Responsável pela lubrificação e conservação do motor do veículo, bem como seus componentes, a bomba de óleo, composta por carcaça, engrenagens internas, eixos e válvula, retira o óleo do cárter, pressuriza na galeria e em todas as partes moveis do motor. Para fazer o deslocamento do óleo a bomba faz uso da rotação de engrenagens ou rotores internos. A rotação é fornecida pelo giro do motor. Neste sentido percebemos que a bomba necessita do próprio motor para funcionar.

A bomba de óleo automotiva é de fluxo continuo e a medida que a rotação do motor aumenta o fluxo de óleo lubrificante também aumenta, para controlar esse fluxo existe a válvula de alívio ou reguladora de pressão.

 “É importante ficar atento a alguns sinais que indicam a hora da substituição da bomba de óleo já que não há uma quilometragem específica para a troca dos componentes e o seu mau funcionamento pode até fundir o motor”, alerta Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata.

Segundo Silva, quando a bomba de óleo apresenta algum comprometimento,  acende uma luz no painel, apontando problema mas a perda de eficiência do sistema, na maioria das vezes está relacionado com o desgaste nas partes móveis, como bronzinas, buchas e tuchos”, adverte o gerente, quando isso ocorre a substituição apenas da bomba de óleo não resolve o problema e haverá necessidade de uma retífica completa do motor.

A recomendação é, ao surgir qualquer sinal de mau funcionamento do sistema de lubrificação parar imediatamente o veículo e levar a um mecânico de confiança, pois, assim, ele poderá efetuar testes para determinar a causa do problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *