São Paulo registra diminuição de circulação de veículos em suas rodovias

São Paulo registra diminuição de circulação de veículos em suas rodovias

São Paulo registra diminuição de circulação de veículos em suas rodovias

São Paulo registra queda de 20% na movimentação de veículos nos cinco principais sistemas rodoviários do Estado após início da fase emergencial
Segundo dados da ARTESP, redução foi de mais de 210 mil veículos neste final de semana. Para desestimular viagens ao litoral, a Operação Descida segue suspensa até 04 de abril

Após entrar na fase emergencial, o Governo do Estado de São Paulo registrou queda de 20% na movimentação de veículos nos cinco principais sistemas rodoviários do Estado: foram 1.086.972 veículos neste final de semana (de 26 a 28 de março) ante 1.297.865 em igual período que antecedeu a fase emergencial (de 12 a 14 de março). Somando apenas os veículos que seguiram em direção ao litoral pelo sistema Anchieta-Imigrantes, a redução foi de 38,3%: 155.235 no último final de semana ante 256 mil entre 12 e 14 de março.

A fase emergencial do Plano SP, etapa com mais restrições de circulação e atividades, está em vigor desde 15 de março em 645 cidades para frear aumento de casos e mortes. A Operação Descida também foi suspensa pelo Governo do Estado até o dia 4 de abril como forma de desestimular viagens às praias durante este período.

Outras rodovias concedidas

O Sistema Anhanguera-Bandeirantes registrou fluxo de 320.078 veículos, redução de 14% em comparação ao fim de semana de 12 a 14 de março deste ano. 

Na Rodovia Presidente Castello Branco (SP-280), principal eixo de ligação para a região Oeste do Estado, o fluxo de veículos foi de 164.085, queda de 10.8% também comparado ao fim de semana entre 12 e 14 de março.  

No corredor das rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, principal destino para o litoral norte e região de Campos de Jordão, o movimento de veículos foi de 371.488, queda de 16.5%. 

A Rodovia dos Tamoios, ligação com o litoral norte do Estado de São Paulo, registrou um fluxo de 76.086 veículos, redução de 26.4%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *