O que o ticket médio diz sobre você! – Revista Reparação Automotiva

O que o ticket médio diz sobre você!

O que o ticket médio diz sobre você!

Gestão financeira para oficina mecânica

Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Chegamos à segunda edição de 2021, e por aqui o início da vacinação está nos enchendo de boas vibrações. Vamos juntos fazer um 2021 de superação? Se sua resposta for sim, continue aqui comigo…

Há alguns dias, fiz um atendimento em que o empresário da reparação me disse: “Eu não tenho nada de controles na minha oficina. Nem sei por onde iniciar. Aproveitando, ouço falar tanto em ticket médio e não sei o que é e porque se fala tanto nisto?” É uma realidade, se você também se viu neste cenário, aqui é a prova que você não é o único. Fiquei feliz pela sinceridade e objetividade. Mas este questionamento me inspirou a escrever este conteúdo e afirmar que o óbvio deve ser dito e repetido quantas vezes se fizer necessário. O ticket médio nada mais é do que a venda que a oficina realizou dividido pela quantidade de atendimentos ou OS (Ordens de Serviço) daquele mesmo período.  Ao meu olhar, o ticket médio da sua oficina me diz sobre como você vende. Isto mesmo:  venda, atendimento e estratégia.

Aqui, na minha região de atuação, atendo oficinas que buscam melhorar através de consultoria e ferramentas em softwares. Conforme meus comparativos, classifico um ticket baixo valores inferiores a R$ 500,00. De acordo com minhas análises, estas empresas possuem um alto número de passagens, ou seja, atendimentos ou OS. O cliente predominante é o de manutenção corretiva: ele chega na oficina com uma avaria, tem pressa em resolver o seu problema e não estava preparado financeiramente para este imprevisto.  Por outro lado, a este perfil de oficina abre suas portas sem saber quais os clientes que a procurarão, os clientes têm o foco no preço da solução, trabalham com uma grande demanda no processo de cotação, compras e entrega e, diariamente ficam na torcida para que o dia seja um pouco mais tranquilo. 

Ao meu olhar, o ticket médio da sua oficina me diz sobre como você vende. Isto mesmo:  venda, atendimento e estratégia.

Empresas com um ticket médio entre R$ 500,00 e R$ 800,00 são as que mais procuram melhorias no processo. Estas oficinas já possuem uma estratégia e um padrão de atendimento. Foco no cliente da manutenção preventiva/preditiva, ou seja, já controlam o momento em que o cliente precisará realizar revisões de tempo e/ou quilometragem e o esforço da área de vendas é para que isto aconteça. Ao atender este cliente, por “regra” já aplicam um check list que auxiliará na verificação de outros componentes, além dos que serão verificados nos da revisão “x”. 

As de ticket médio acima dos R$ 800,00 são aquelas que já dominam o modo de se relacionar com o cliente, criando um vínculo de fidelidade. Dominam também a “arte” de revisar itens necessários naquele atendimento e ainda “procuram” outras necessidades que o cliente possa ter. Por conseqüência, atendem um número menor de clientes, muitas vezes “escolhem” qual o cliente, qual o veículo e em quais os serviços em que querem atuar. Seus dias são mais planejados e mais tranquilos. 

Então… relatei aqui o meu dia a dia sobre três visões na forma de vender e trabalhar no pátio da oficina e seus resultados quanto ao ticket médio. Onde você se encaixa? Qual a melhoria que você vai iniciar hoje? Vamos dar um salto em 2021? Esta é minha dica para sua oficina ainda mais lucrativa!

Karine Quinjalmo – Mãe do Enzo, mentora de soluções em sistemas para a Reparação Automotiva, especialista em processos e custos, mentora e consultora empresarial e diretora da Oficina Mais Sistemas de Gestão.
Entre em contato com a Karine Quinjalmo no WhatsApp ou no www.oficinamais.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *