Fim da transmissão automatizada – Revista Reparação Automotiva

Fim da transmissão automatizada

Fim da transmissão automatizada

O ano de 2020 também será lembrado como o ano em que efetivamente a transmissão automatizada mono embreagem deixou de ser oferecida no País. O último modelo, o FIAT Cronos 1.3 GSR ainda era vendido nessa configuração de transmissão, e foi descontinuado no mês de outubro. 

Caso de amor e ódio entre os reparadores, o sistema chegou a ser ofertado em 10 diferentes modelos das fabricantes FIAT, Renault, Chevrolet e VW, sendo eletrohidráulicos ou elétricos. Lançado em 2008, com o FIAT Stilo o sistema que foi desenvolvido pela equipe Ferrari na F1, sofreu pela falta de calibração, dificuldade inicial de peças e diagnóstico complexo, mas mesmo assim se manteve por longos 12 anos em produção.

Apesar disso, é difícil estimar o número de automóveis que circulam com o sistema, pois vários eram vendidos como “automáticos” entrando assim na lista de modelos com esse tipo de transmissão.

Diferentemente do sistema mono embreagem, o automatizado de dupla embreagem continua em atividade, equipando SUVs como o VW Tiguan e CAOA CheryTiggo 8. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *