DRiV reduz em 80% o consumo de água na sua fábrica em Mogi Mirim (SP)

DRiV reduz em 80% o consumo de água na sua fábrica em Mogi Mirim (SP)

DRiV reduz em 80% o consumo de água na sua fábrica em Mogi Mirim (SP)

Comprometida com a preservação de recursos naturais, a DRiV, detentora das marcas Monroe e Monroe Axios, alcança a redução de 80% no consumo de água, com a implantação de inúmeras iniciativas em sua fábrica, situada em Mogi Mirim (SP). Por meio de um programa ambiental, a empresa fez a identificação dos pontos de alto consumo em suas dependências, monitoramento diário da utilização de água, verificação de possíveis pontos de vazamento, manutenção das tubulações e desenvolvimento de ações para a conscientização dos colaboradores quanto à importância do consumo consciente.

O programa também permitiu a instalação de sistema de água aquecida no restaurante para facilitar a lavagem dos utensílios, alterações no processo de fabricação dos amortecedores, implantação de sistema de reuso nos processos de manufatura que anteriormente efetuavam o descarte do efluente para a estação de tratamento, com posterior descarte em corpo d´água superficial, além da implantação recente do sistema para o reuso de água de chuva.

“Quando demos início às atividades para redução do consumo de água, em 2012, utilizávamos quatro poços artesianos para suprir as necessidades de consumo da empresa. Com toda a redução que atingimos, ao longo dos anos, atualmente, usamos somente dois poços artesianos para atender toda a planta, englobando a produção de amortecedores, restaurante, áreas administrativas”, reforça Franciele Duarte, Engenheira Ambiental da DRiV.

Melhoria contínua

Após essa conquista de 80% na redução do consumo de água, a empresa avalia novas oportunidades e vai definir mais metas para manter a diminuição do uso desse recurso, em 2021. “O projeto de redução do consumo de água nos processos de manufatura atingiu o seu objetivo quanto à implantação de melhorias e processos sustentáveis. Dessa forma, garantimos a continuidade dos negócios aliada a uma redução no consumo de um bem natural, de valor incalculável para o desenvolvimento das futuras gerações. Por isso, em nossa visão, há sempre a possibilidade de mais melhorias e novas ações para atingir novas reduções no uso da água”, finaliza Franciele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *