Dica da Pierburg para a correta instalação da bomba de vácuo do motor –

Dica da Pierburg para a correta instalação da bomba de vácuo do motor

Dica da Pierburg para a correta instalação da bomba de vácuo do motor

A Pierburg, marca premium de componentes mecatrônicos que atende as principais montadoras com presença global e comercializada no Brasil pela Motorservice, divisão do Grupo Rheinmetall Automotive que também detém as marcas Kolbenschmidt (KS) e BF, destaca dicas importantes para a substituição da bomba de vácuo do motor.   

Para oferecer alto desempenho, as bombas de vácuo requerem um fluxo volumétrico de óleo do motor de 30 a 60 litros por hora. As versões mais modernas são do tipo de palhetas giratórias. O desgaste prematuro desse componente pode ocorrer por conta de uso de óleo lubrificante vencido ou contaminado por meio de partículas de sujeiras e de fuligem do escape.  

Alguns cuidados na hora da substituição da bomba de vácuo que devem ser tomados na montagem são:

• Verificar impreterivelmente se existe uma alimentação de óleo lubrificante impecável;

• Desmontar a bomba de vácuo;

 • Proteger os componentes de montagem contra o óleo vazado;

• Segurar um recipiente (proveta graduada ou semelhante) diante do furo ou canal do óleo lubrificante;

• Deixar funcionar o motor brevemente em marcha lenta ou com velocidade do motor de partida para controlar o vazamento de óleo;

• O óleo deverá vazar continuamente ou com pulsação uniforme do respectivo canal do óleo lubrificante ou tubo de óleo. Se isso não acontecer, é importante detectar a causa (eventual obstrução).

O reparador e embaixador da marca Pieburg no Brasil, Pedro Luiz Scopino, recomenda a marca porque realmente aplica os produtos em sua oficina e reforça a qualidade e confiabilidade dos mesmos. A sua relação com a marca tem história, pois está presente na sua oficina desde a época dos carburadores Solex.

Os comentários estão encerrados.