Revista Reparação Automotiva – Revista Reparação Automotiva

A diferença entre resultado e desempenho

A diferença entre resultado e desempenho

Você, caro empresário, deve sempre se referir aos números no final do mês como resultado do seu negócio. O que está correto, pois o que chamamos de resultado é a soma de todos os esforços realizados no período a fim de atingir um objetivo. O que não está certo é utilizar apenas isso para mensurar se o seu negócio está indo bem ou não.

Digo isso porque Resultado é a representação do passado, e por isso mesmo é impróprio para realizar uma análise, afinal, não há qualquer garantia de que um bom resultado passado seja repetido no futuro. Não é de todo mal fazer isso, afinal é possível gerar previsões e perspectivas para ajudar a compor um cenário, mas é só! O que passou, passou e por isso não devemos tomar decisões baseadas simplesmente no passado.

Mas afinal, se não podemos utilizar o Resultado para determinar as ações futuras, como devemos proceder, então? Bem, esse é justamente o ponto onde queria chegar! A forma correta de mensurar se um negócio vai bem ou mal, é através do Desempenho! Isso mesmo, desempenho!

Por definição, Desempenho é a medida da capacidade de se realizar uma ação, e pode ser traduzido também como o grau de desenvoltura na realização dos trabalhos. E essa visão muda tudo! Afinal, você passa a medir a execução do processo, e não mais sua consequência. Em resumo, ao medir o desempenho estamos avaliando o agora, o hoje, o presente. E isso faz muita diferença, principalmente se considerarmos que uma oficina é um processo produtivo, repleto de etapas sequenciadas, com ação direta da aplicação ode Mão de Obra especializada.

Ao avaliar o desempenho você passa acompanhar diariamente seu processo e busca, dia a dia, formas de torná-los mais eficiente. O Resultado no final do mês deixa de ser o foco e dá lugar ao monitoramento dos trabalhos diários, simples assim!

É uma grande mudança na forma de enxergar o seu negócio, e, uma vez que você desperta para essa visão, as melhorias surgem a olhos vistos! Afinal, suas decisões passam a ser baseadas no presente, e não mais no Passado!

Na próxima Coluna falaremos como podemos medir o desempenho de sua oficina através de indicadores! Até lá!

ALEXANDRE COSTA

Consultor sênior especializado em inovação para o setor automotiva, com 25 anos de experiência. Palestrante convidado a participar dos principais eventos do setor em todo o País. Diretor da ALPHA Consultoria, empresa de consultoria dedicada ao setor automotivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *