Associadas à Abeifa seguem tendência de alta do mercado interno – Revista Reparação Automotiva

Associadas à Abeifa seguem tendência de alta do mercado interno

Associadas à Abeifa seguem tendência de alta do mercado interno

As quinze marcas filiadas à Abeifa – Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, com licenciamento de 2.834 unidades, anotaram em setembro último alta em suas vendas de 4,8% em relação a agosto, quando foram vendidas 2.703 unidades importadas. Ante setembro de 2019, quando foram comercializadas 2.845 unidades, a retração foi de 0,4%. Com esses resultados, o acumulado dos primeiros nove meses do ano fechou com queda de 20,8%: 19.841 unidades contra 25.044 emplacamentos de veículos importados.

A tendência de alta também foi registrada entre as associadas à Abeifa, que também têm produção nacional. BMW, CAOA Chery, Land Rover e Suzuki fecharam setembro último com 3.289 unidades emplacadas, total que representou aumento de 19,2% em relação a agosto de 2020, quando totalizaram 2.760 unidades, e alta também de 11,7% ante setembro de 2019 (2.944 unidades). No acumulado do ano, o licenciamento de veículos nacionais das associadas à entidade ainda significou baixa de 10,1%: 20.585 unidades emplacadas este ano contra 22.887 veículos em 2019.

“Setembro foi o melhor mês de 2020 na totalização do mercado interno brasileiro, com 198.792 unidades emplacadas. Para nós, importadores e também fabricantes locais, o importante, em setembro, foi acompanhar essa tendência de alta do mercado. Além disso, outro fator de destaque foram os dados das vendas acumuladas do ano. Enquanto o mercado interno total a queda é de 32,9% em nove meses, as associadas à entidade anotam retração de 15,7%, ou seja esses índices mostram que as nossas associadas estão se recuperando mais rapidamente”, argumenta João Henrique Oliveira, presidente da Abeifa.

Embora os números de setembro tenham sido de alento, depois de quase sete meses sob rigoroso impacto dos efeitos da pandemia por Covid-19 e do câmbio – 40% de valorização do dólar e do euro em 2020 –, a Abeifa confirma sua última projeção de vendas para o ano, de 28,5 mil unidades de importados e 29,5 mil veículos aqui produzidos, representando portanto queda de 15% em comparação ao ano de 2019.

Participações – Em setembro último, ao considerar somente os veículos importados por associadas à entidade – total de 2.834 unidades -, o setor significou marketshare de 1,42%. Com 6.123 unidades licenciadas (importados + produção nacional), a participação das associadas à Abeifa foi de 3% do mercado total de autos e comerciais leves (198.792 unidades).

No acumulado do ano, os veículos importados da Abeifa, com total de 19.841 unidades, representam participação de 1,52% do mercado interno. Somadas unidades importadas e nacionais, com 40.426 unidades licenciadas, o marketshare das associadas à entidade é de 3,1%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *