Troca da bomba de água do motor Audi 1.4 TFSI – Revista Reparação Automotiva

Troca da bomba de água do motor Audi 1.4 TFSI

Troca da bomba de água do motor Audi 1.4 TFSI

Substituir a bomba de água de um motor turbo alimentado é um procedimento que exige cuidados na desmontagem e montagem dos componentes

A Volkswagen e a Audi, fabricantes de veículos que integram o mesmo grupo, utilizam motores semelhantes. O Audi Q3 2017, tem o motor turboalimentado 1.4 TFSI, enquanto que a Volkswagen aplica em seus modelos o 1.4 TSI, da família EA 211. Ele está no Jetta, Polo GTS e Virtus GTS, T-Cross e Tiguan. 

Estes motores têm um componente comum, a bomba de água. Além disso, utilizam duas válvulas termostáticas, pois trabalham com temperatura diferente no cabeçote e bloco. A fabricante japonesa de bombas de água e óleo Nidec é fornecedora do Grupo VW na Europa. Ela está presente no Brasil, com fábrica instalada em Indaiatuba (SP), a multinacional comercializa a peça no mercado de reposição brasileiro.

Nesta reportagem, a Revista Reparação Automotiva acompanhou o processo da troca da bomba de água no Audi Q3. O procedimento foi feito na oficina Power Class, em São Bernardo do Campo (SP), que é dirigida por Nilson Patrone, e contou com a colaboração de Cláudio Coppia, diretor técnico comercial da Nidec.

Cláudio Coppia, diretor técnico comercial da Nidec.

O primeiro sinal que mostrou a necessidade de substituição da peça foi o vazamento do liquidode arrefecimento, notado na parte inferior do carro. O vazamento foi mostrado na parte inferior do carro. Após retirar a bomba, o vazamento foi confirmado, pois na parte superior, da peça, o liquido deixou a cor avermelhada.

Desmontagem     

1. Retirar o tubo de pressurização 

2. Retirar o tubo do respiro do motor

3. Soltar o parafuso da capa da correia com chave Torx 30

4. Marque a posição das abraçadeiras e utilize uma chave de abraçadeira para soltar a mangueira 

5. Com a chave Torx 30 soltar os parafusos restantes da capa da correia e retirá-la 6 Na sequencia soltar o suporte do chicote

7. Com a chave especifica soltar a o suporte da mangueira da bomba de água 

8. Soltar a mangueira do tubo d´água 

9. Soltar a mangueira inferior e superior do radiador.

10. Soltar as duas mangueiras do sistema de ar quente, se necessário, com cuidado para não romper a mangueira, utilizar uma chave de fenda para auxiliar na retirada 

11. Com chave Torx 30 soltar o 6 parafusos que fixam a bomba 

12. Em seguida retirar a bomba de  água.

13. Retirar a correia dentada que movimente a bomba

Obs: Após retirar a correia verificar o estado de conservação. “Caso o veículo tenha rodado mais de 70 mil km ela deve ser substituída. Com menor quilometragem substituir se tiver algum dente quebrado, ou apresentar outro sinal de fadiga. Neste caso o carro esta com 35 mil km rodados e não foi necessário trocar a correia”, avalia Nilson.

Montagem

14. Depois de retirar a bomba de água é necessário limpar o local onde ela é fixada.

Obs: Não é necessário passar silicone para montar a peça nova. “Depois de montada, o silicone se solidifica pode soltar pequenos pedaços que irão se instalar no selo da bomba, ou até mesmo na válvula termostática”, alerta Cláudio. 

Montagem

15. Antes de montar a bomba no bloco é necessário instalar e tensionar a correia na bancada. Isso porque ela não tem esticador automático. O procedimento é feito com um torquimetro e deve ser aplicado 20 Nm de torque.

16. Para auxiliar o assentamento da bomba no bloco, utilizar uma pequena camada de vaselina, mas atenção!

Não utilizar nenhum produto derivado de petróleo, pois futuramente pode prejudicar o sistema 

17. Colocar a bomba no local correto, instalar o parafuso guia e a correia e depois encoste todos os parafusos. 

18. Ajuste a tensão da correia com o torquimetro. Aplique 20 Nm e verifique se a correia está dentro da polia. Caso algum dente fique fora é necessário fazer o procedimento novamente.

19. Em seguida colocar o parafuso guia e depois os parafusos restantes de maneira cruzada.

20. Após fixar a bomba, montar mangueira inferior e superior, mangueira do tubo d´água, suporte da mangueira da bomba de água, suporte do chicote, mangueira e capa da correia. Siga o processo inverso da desmontagem.

21. Deixe a mangueira de retorno aberta para retirar o ar do sistema

22. Abastecer o reservatório de expansão com o aditivo recomendado pela fabricante do veículo. Caso seja um aditivo concentrado, é necessário diluir. Neste caso a proporção é de 50% de aditivo e 50% de água desmineralizada. 

Obs: “O reparador precisa ficar atento. Não misture aditivo de marcas diferentes. Caso não saiba qual a marca do aditivo, o recomendado é esvaziar o sistema e colocar aditivo novo”, alerta Coppia.

23. Após iniciar o processo de abastecimento do reservatório de expansão, preste atenção na mangueira de retorno. Quando vazar o liquido, a mangueira deve ser recolocada, pois o ar saiu do sistema 

24. Recolocar o tubo de pressurização 

25. Para finalizar, ligar o motor. Checar o nível do liquido de arrefecimento, esperar a ventoinha ligar três vezes e checar a temperatura com o aparelho. 

NILSON PATRONE
Proprietário da Power Class

Mais informações: 

SAC Nidec: 0800 936 8484
(11) 9 7422-0509
[email protected] 

Power Class: (11) 4396-1887

www.powerclass.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *