E se você não tivesse o amanhã? – Revista Reparação Automotiva

E se você não tivesse o amanhã?

Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Mais uma edição e muita mudança acontecendo em nosso mercado, nosso ambiente e por consequência, no nosso dia-a-dia. Nem todas bem vindas e/ou planejadas, muitas inesperadas, trágicas, tristes…  Conversamos sobre isto no grupo “donas de oficinas”! E toda mudança, envolve tempo de planejamento, de aprendizado e de acompanhamento. E sobre intenções de mudanças e falta de tempo, é o que me propus a refletir aqui com vocês… Este é o seu momento? Então, continue aqui…

A minha formação sobre produtividade pessoal, me trouxe a clareza que o tempo é finito, e é algo que não é possível “gerenciar” no dia. Ele vai iniciar e 1440 minutos ele vai terminar. Não posso pausar. Então, o que está na minha mão, sobre o meu comando é o que eu faço com ele, como eu o utilizo! Quais serão minhas prioridades? A seleção do que realmente causará impactos sobre os objetivos que eu quero alcançar. E esta correlação de como eu o utilizo x o que eu almejo, é que faz toda a diferença nos meus resultados e na minha satisfação como profissional ou como empresário de qualquer segmento. 

Quando temos um Planejamento Estratégico formalizado, estes objetivos ficam muito claros e aí podemos pecar no gerenciamento e na execução do que temos que fazer em função da má utilização do tempo. Isto é um dos males do século da nossa geração devido à facilidade de estarmos conectados com tudo, com o mundo, com as pessoas ali fora… Desperdiçamos muito facilmente o nosso tempo e nem percebemos isto. E, em todas as áreas: administrativa, pátio da oficina, nas vendas, na logística. 

Mas estamos visualizando o último trimestre do ano. E se você viveu até agora tudo isto que relatei te proponho uma experiência: Defina aí, qual é a melhoria que você deseja e que lhe trará resultado, como, venda, lucro, controle, tranquilidade, segurança, tempo, ou qualquer outro. Trago aqui como exemplo, a organização de ferramentas de uso coletivo, pois isto trará para empresa redução do desperdício do tempo procurando as mesmas. 

Após, divida o trimestre em 3 etapas mensais. Neste meu exemplo, sugiro utilizar os conceitos do 5S: etapa 1, mês 1: utilização; etapa 2, mês 2: organização e limpeza; etapa 3, mês 3: padronização e disciplina. A cada etapa, subdivida em 4 semanas: o que deve ser feita a cada uma delas, para que seja cumprido o objetivo do mês e do trimestre? E agora, foco na execução, na prioridade, no “fazer acontecer”.

Agora, se coloque lá em 31/12/2020. Como você se sente olhando para o local de acomodação das ferramentas? Visualmente, estão todas alocadas, em bom estado, limpas. Todos os técnicos colaborando na manutenção deste controle: retirando, utilizando e devolvendo para o lugar estabelecido. Apenas um objetivo realizado. E ser conseguir quatro objetivos no ano? Como se sentiria? O tempo é finito, não se esqueça disto! Aproveite-o ao máximo. O que você pode fazer hoje e deixar como teu legado, tua marca? Pense nisto! Esta é minha dica para a sua oficina mais lucrativa! 

por Karine Quinjalmo, mãe do Enzo, mentora de soluções em sistemas para a reparação automotiva, especialista em processos e custos, mentora e consultora empresarial e diretora da Oficina Mais Sistemas de Gestão. www.oficinamais.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *