Troca da borracha de vedação das portas do VW Gol G5 e G6 – Revista Reparação Automotiva

Troca da borracha de vedação das portas do VW Gol G5 e G6

Troca da borracha de vedação das portas do VW Gol G5 e G6

Substituir o item é um processo rápido e não exige ferramentas complexas

Nem sempre as borrachas de vedação das portas de um automóvel recebem a atenção merecida do proprietário. O item não tem exatamente um tempo de vida útil determinado e sua substituição depende muito da manutenção feita no veículo. Se não for adequada a cada tipo de carro, a borracha pode ressecar, provocando infiltrações ou acúmulo de sujeira.

Na hora da reposição, é preciso escolher a borracha certa. A do Volkswagen Gol G5 e G6, por exemplo, nem sempre é compatível com a de outros veículos. A instalação de uma borracha com especificações diferentes não dará a aderência necessária e, fatalmente, vai durar menos tempo do que o normal. 

“Embora seja um processo simples, a instalação correta é fundamental”, revela Felipe Ferrari, gerente de produto do Grupo Universal Automotive Systems. “Um dos erros comuns é não deixar o ar escoar totalmente de dentro da borracha para aliviar a pressão. Quando isso acontece, a porta fica dura ou pode ir na direção do instalador com força.”

A seguir, os profissionais do Grupo Universal mostram o passo a passo da colocação das borrachas.

A troca

A fixação da borracha de vedação nas portas e na tampa do porta-malas do Gol não requer nenhuma ferramenta complexa. Bastam a borracha nova, um pano para tirar sujeira acumulada na moldura das portas, um martelo de borracha para o trabalho de instalação e uma tesoura para cortar o excedente da borracha. 

É preciso escolher a borracha certa para a vedação. O diferencial da borracha é o lado do acabamento, que vai bloquear a entrada de ar ou a infiltração de água. A borracha é composta por três partes: o bulbo (que absorve o impacto do movimento de abrir e fechar as portas), a aba (responsável pelo acabamento interno) e a alma de aço, uma camada de aço presente por dentro de toda a tira de borracha.

A retirada da borracha velha é simples e não exige cuidado especial. É só arrancá-la aos poucos com as mãos. Depois, com as mãos devidamente calçadas por luvas, é preciso passar um pano limpo para remover a poeira acumulada na superfície onde será colocada a nova borracha de vedação. 

Colocar a borracha é uma operação rápida, que leva de cinco a dez minutos. Mas há um detalhe muito importante: segundo Luís Mazuca, comprador técnico do Grupo Universal Automotive Systems, “a instalação deve ser feita exclusivamente com martelinho de borracha, que não agride a estrutura da borracha no momento das batidas – o que poderia acontecer com um martelo convencional”. 

A emenda da borracha deve fica na parte de baixo e no meio do trilho, na região do assoalho. “Em caso de infiltração, a água vai escoar com facilidade, o que não aconteceria se a emenda estivesse na parte de cima”, afirma Mazuca. Portanto, deixe a emenda no lugar certo e faça a fixação com o martelinho. O que deixará a borracha bem presa na porta são as pequenas garras da alma de aço.

Na medida em que a borracha é instalada, verifique sempre se ela está bem encaixada, principalmente nos cantos arredondados da moldura da porta. Se sair um pouco do trilho, ela corre o risco de se esgarçar rapidamente, perdendo a função de vedação.

A borracha mede quatro metros de comprimento e, por isso, nem toda a tira será usada para vedar a porta. Assim, corte o excedente com uma tesoura na parte da emenda e faça o arremate com o martelinho.

Se houver pontos de ferrugem na moldura ou se ela estiver desalinhada por causa de alguma batida, a borracha não ficará totalmente fixada. Se for esse o caso, antes da troca será preciso realizar um pequeno reparo de funilaria para corrigir o defeito. Se o ponto de ferrugem é mínimo, o certo é removê-lo com uma lixa fina. O método mais eficaz para conservar a borracha é aplicar um pano úmido ou com xampu neutro. 

Terminada a substituição, aproveite para verificar o batente da porta. “É possível fazer regulagem dela para aumentar ou tirar a pressão do movimento das portas”, explica Felipe Ferrari.

O procedimento da troca de borracha de vedação é o mesmo na tampa do porta-malas do Gol. O item é idêntico e a emenda deve ficar posicionada na parte de baixo em frente ao batente. Da mesma forma que nas portas, o batente também pode ser regulado para melhorar a abertura e o fechamento do compartimento de bagagem. 

À esquerda, Felipe Ferrari, gerente de produto, e Luís Manduca, comprador técnico do Grupo Universal Automotive Systems

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *